home A Doença de Parkinson A Associação A Túlipa Links
 
As Publicações APDPk
APDPk | Associados
Delegações
Espaço Aberto
Glossário de Termos
Legislação
Notícias
Noticias Médicas
Protocolos
Serviços de Saúde Especializados
Videos Parkinson
Viver com Parkinson
Declaração de Privacidade On-line
Direção Documentos
Conselho Científico
Infarmed
 
Newsletter
insira o seu email, para receber a nossa newsletter periódica.
 
 
 
 
 
 
 
Associa Pro
 
Utilizador
Palavra-chave
 

 

   
Home » Delegações » Médio Tejo | Torres Novas
 
 
Jornal “O Almonda” - Entrevista (edição do dia 19 de Dezembro de 2014)


Delegação da Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson em Torres Novas com nova sede



 



A Delegação Santarém Norte “Médio Tejo” da Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson está presente em Torres Novas há cerca de dois anos, mas apenas muito recentemente possui uma sede própria para acolher os associados e os doentes de Parkinson.



Um dos projetos que esta delegação tem entre mãos é a realização nesta sexta-feira de uma noite de fados solidária, em Carvalhal de Aroeira, cujas receitas reverterão a favor desta Associação, assim como, do Movimento Esclerose Múltipla do Médio Tejo e Alzheimer Portugal – Núcleo do Ribatejo.



O Almondafoi ao encontro de Francisco Lourenço, responsável pela Delegação com sede em Torres Novas que falou da Associação, da nova sede e dos projetos a realizar em breve.



 



Depois de dois anos a funcionar provisoriamente nas Piscinas Municipais, aDelegação Santarém Norte “Médio Tejo” da Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson, tem finalmente a sua sede da Loja a-U Nº 17 no Mercado Municipal, onde funcionou anteriormente a Loja de Artesanato do Município.



Francisco Lourenço mostrou-se grato e reconhecido para com a autarquia que disponibilizou este espaço para esta delegação.



“Não esperava tanto. Desde o presidente da Câmara ao Vice presidente, passando pelo engenheiro Ruivo e indo ao pedreiro e ao pintor. Foram todos prontos e prestáveis, o que nos dá muito ânimo”, afirmou o responsável que aceitou este cargo há quase dois anos.



“A Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson entendeu que devia criar mais delegações para estar o mais próximo possível dos seus doentes. Quisemos assim, em estreita colaboração com a Doutora Isabel Ambrósio, neurologista responsável por esta área da saúde a nível do Centro Hospitalar do Médio Tejo, criar um projeto onde estejam reunidas as condições para dar apoio a doentes, familiares e cuidadores.



Já realizámos sessões de esclarecimento, e agora temos entre mãos uma noite de fados solidária, em Carvalhal de Aroeira, neste sábado, dia 19”, explicou Francisco Lourenço.



“Pensar em Movimento” é o nome do projeto, disse ainda, sendo que outra das apostas deste é a celebração a nível nacional do Dia Mundial do Doente de Parkinson, a acontecer em Torres Novas, no dia 11 de abril.



À semelhança desta noite de fados solidária, o projeto “Pensar em Movimento” pretende organizar eventos de carácter cultural de forma a angariar fundos para apoiar as famílias nas áreas da fisioterapia, hidroterapia, terapia da fala, entre outras.



“ A Câmara Municipal cede-nos gratuitamente as piscinas municipais e o ginásio. Precisamos é de técnicos. Os associados têm 15% de desconto no valor dos tratamentos”, adiantou o delegado da Associação.



“A partir do próximo mês de janeiro a nova sede da delegação terá as portas abertas dois dias por semana”, anunciou ainda.



Francisco Lourenço, também ele doente de Parkinson é ao mesmo tempo que Delegado da Associação, uma mais valia para os doentes que o procuram.



Detentor de uma força interior invulgar, não baixou os braços e tudo tem feito para remar contra a doença e tem alcançado notáveis vitórias.



Com os doentes e familiares que o procuram, partilha assim conselhos e formas de lidar com a doença.



De notar que existem em Portugal mais de 20 mil doentes de Parkinson, 450 dos quais se encontram na área abrangida por esta Delegação. Torres Novas tem 75 doentes com esta patologia.



A Delegação Santarém Norte “Médio Tejo” abrange onze concelhos, sendo eles, Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Vila Nova da Barquinha e Torres Novas.



A  Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson fundada em 14 de abril de 1984 conta com 15 delegações e com mais de 3000 associados.



A Delegação do “Médio Tejo” tem apenas trinta associados e necessita de mais sócios, foi um desafio deixado por Francisco Lourenço.



Os números 249 822 445 e 937 274 461 são os contactos desta delegação em Torres Novas.



 



Em caixa



 



“Noite de Fados Solidária esta sexta-feira



 



Treze fadistas subirão ao palco do Centro Social Cultural e Recreativo do Carvalhal de Aroeira nesta sexta-feira, dia 19 de dezembro, a partir das 21:30 horas. São eles: Maria Adelaide, Carlos Nascimento, Manuel Costa, Ana Dória, Faustino Pereira, Luís Ferreira, Sara Condinho, Rodrigo Lopes, Ilda Gabriel, Helena Bragança, Vítor Nascimento, José Carreto e Joaquim Júlio, acompanhados na guitarra por Diogo Ferreira e Tiago Vicente e na viola por Rui Girão.



À ceia será servido chouriço assado, caldo verde e pão.



A entrada custará oito aplausos e asa inscrições ou informações deverão ser feiotas para os seguintes números: 916 524 200, 916 581 959 ou 937 274 461.



As receitas reverterão a favor da Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson: Delegação Santarém Norte “Médio Tejo”, do Movimento Esclerose Múltipla dso Médio Tejo e da Alzheimer Portugal, Núcleo do Ribatejo.


 
 
   
 
 
2012 © APDPk - Todos os direitos reservados