home A Doença de Parkinson A Associação A Túlipa Links
 
As Publicações APDPk
APDPk | Associados
Delegações
Espaço Aberto
Glossário de Termos
Legislação
Notícias
Noticias Médicas
Protocolos
Serviços de Saúde Especializados
Videos Parkinson
Viver com Parkinson
Declaração de Privacidade On-line
Direção Documentos
Conselho Científico
Infarmed
 
Newsletter
insira o seu email, para receber a nossa newsletter periódica.
 
 
 
 
 
 
 
Associa Pro
 
Utilizador
Palavra-chave
 

 

   
Home » Noticias Médicas
 
 
Células estaminais novo avanço!
A gordura retirada do abdómen e da parte interna da coxa através de lipoaspiração pode ser uma boa fonte de células estaminais, aponta um estudo brasileiro publicado na revista científica oficial da American Association of Plastic Surgeons.

A pesquisa contou com a recolha de gordura de 23 mulheres submetidas a lipoaspiração em pelo menos quatro diferentes áreas do corpo (parte anterior do abdómen, parte superior do abdómen, parte interna do joelho, parte interna da coxa e ancas).

Os cientistas observaram uma maior concentração de células estaminais na coxa e na parte inferior do abdómen. Segundo os autores, a concentração na parte baixa do abdómen era cinco vezes maior do que a da parte superior.

"O potencial de cura e de reparação de lesões e doenças através de células estaminais, incluindo condições como cancro da mama e reconstrução, insuficiência cardíaca, lesões na coluna, diabetes e doença de Parkinson são inacreditáveis", justificou o investigador que liderou o estudo, Peter Rubim, da American Association of Plastic Surgeons, em comunicado enviado à imprensa pela EurekAlert.

Segundo os cirurgiões plásticos responsáveis pelo estudo, "o valor das células estaminais colhidas através da gordura reside no facto de estar sempre disponível" para ser usado, por exemplo, em procedimentos reconstrutivos e cosméticos.

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
25 de Agosto de 2008
 
 
   
 
 
2012 © APDPk - Todos os direitos reservados